Click AQUI e confira

Ultimas Noticias

PUC-Rio abre inscrições para MBA em BI

16-01-2013 11:11

 

O Departamento de Engenharia Elétrica do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) está com inscrições abertas para o curso de especialização MBA em Business Intelligence Master (BI Master) até o dia 25 de fevereiro. Criado em 2007, este foi o primeiro curso de pós-graduação latu sensu do Brasil na área. O MBA BI Master é voltado para profissionais de nível superior que tenham interesse em exercer funções gerenciais e desejam se especializar em previsão, análise de risco, controle, otimização, modelagem e detecção de fraude nas diversas áreas de negócios. O curso aborda teoria, construção e aplicação de métodos inteligentes de apoio à decisão nas áreas de Meio Ambiente e Direito, Petróleo, Energia Elétrica, Indústria, Informática, Ciência e Tecnologia, entre outras.
O MBA faz parte do Programa PUC + I , focado em inovação inteligente, onde a inteligência computacional auxilia na produção de inovação tecnológica. Tudo isto está integrado a sistemas de apoio à decisão, de forma que gestores tenham como chegar às soluções adequadas em aplicações complexas e extremamente restritivas. Neste sentido, o MBA em Business Intelligence Master atende a uma demanda de mercado em busca de profissionais cada vez mais aptos a tomar decisões.
O curso tem duração de um ano (360 horas), dividido em quatro trimestres, e os alunos têm mais seis meses para a conclusão da monografia. O programa é eminentemente prático, pois inclui em sua metodologia o estudo de casos reais como “Análise Econômica de Projetos”, “Otimização da Cadeia de Suprimentos” e “Programação e Controle da Produção”. O corpo docente é formado por dez professores, sendo nove PhDs.
O número de vagas é limitado, sendo apenas 30 para este semestre. Os alunos que passarem no processo seletivo serão anunciados dia 26/02 e receberão o material didático totalmente grátis. O investimento pode ser dividido em 14 vezes de R$ 1.398,00 (mil trezentos e noventa e oito reais), sendo a primeira parcela paga no momento da matrícula e o pagamento pode ser feito por cartão de crédito (American Express, Mastercard e Visa).
Ex-alunos conveniados à Associação de Antigos Alunos PUC-Rio recebem desconto de 10% no pagamento à vista ou 5% no pagamento parcelado.  O selo PUC+i  oferece ainda um total de 20 bolsas de 50% de desconto para alunos e ex-alunos da graduação da PUC-Rio ou 30% de desconto aos demais interessados.
As aulas do primeiro período vão de 11/03 a 14/06, sempre às segundas, terças e quintas-feiras, das 19h às 22h, no campus Centro da PUC-Rio, na Rua Av. Marechal Câmara, 186/7º andar.
As inscrições podem ser feitas no site da Coordenação Central de Extensão da PUC-Rio (http://www.cce.puc-rio.br/engeletrica/espsistemas.htm) ou pelo telefone 0800-970-9556, ao custo de R$ 50,00 (cinquenta reais). Quem preferir pode ir direto às unidades da Coordenação Central de Extensão (CCE/PUC-Rio), nos seguintes endereços: Rua Marquês de São Vicente, 225/casa XV - Gávea/RJ; Av. Marechal Câmara, 186/7º andar - Centro/RJ; Av. das Américas, 1650/2º andar - Bl.1 - Barra da Tijuca/RJ; ou Rua Benjamin da Rocha Junior, 6 - São Bento - Duque de Caxias/RJ. 
No ato da inscrição, os interessados devem apresentar cópia do diploma de graduação plena (ou da declaração de conclusão, indicando que o diploma está em andamento), cópia do Histórico Escolar de graduação e Curriculum Vitae. Estes documentos podem ser entregues pessoalmente nos campi da Gávea, Centro, Barra e Caxias ou pelo e-mail documentocce@puc-rio.br.
UOL

AMD acusa ex-funcionários de roubarem documentos secretos para a Nvidia

16-01-2013 11:10

 

A AMD entrou com uma ação contra quatro ex-funcionários, um vice-presidente e três gerentes, acusando-os de roubarem mais de 100 mil documentos da empresa. Bob Feldstein, antigo vice-presidente de desenvolvimento estratégico, Manoo Desai, Nicolas Kociuk e Richard Hagen são acusados pela empresa de levarem informações secretas e entregarem para a Nvidia, empresa onde trabalham atualmente.
Assine a tag amd para ser avisado sempre que novos conteúdos marcados pela tag forem publicados
A ação foi protocolada no distrito de Massachussetts, e a corte já sancionou um pedido temporário de restrição aos quatro, ordenando que preservem as cópias de qualquer material da AMD que eles possuam, seja documentos, computadores, dispositivos ou qualquer informação. A AMD afirma que possui evidências que os quatro funcionários "tranferiram para dispositivos de armazenamento externo documentos e informações secretas, nos últimos dias antes de deixarem a empresa para trabalhar na Nvidia". Antes de sair, um dos gerentes teria buscado por diversos tutoriais de como "executar a cópia de grandes quantidades de dados".
Entre todos os dados retirados, a AMD destaca que dois acordos comerciais com clientes e um documento com as estratégias da empresa para o futuro trazem uma vantagem injusta na competição, se utilizada corretamente.
A empresa acusa as quatro pessoas de quebra de contrato, crimes contra segredos comerciais e competição justa, e a violação do Computer Fraud and Abuse Act (lei promulgada em 1986 que visa reduzir invasões e roubo de dados em computadores).
Realizamos o contato com a Nvidia, e assim que divulgada a posição oficial da empresa, faremos o update nesta notícia.
UOL

Comércio eletrônico: nove milhões de brasileiros foram às compras pela primeira vez em 2012

16-01-2013 11:09

 

As vendas no comércio eletrônico cresceram 29% em 2012 no Brasil, que movimentou R$ 24,12 bilhões. Os dados são do relatório da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), que também leva em conta as vendas em market places e vendas de conteúdo digital, como e-books, cujas vendas aumentaram 100% em novembro do ano anterior.
Os setores com o público-alvo feminino são os que demonstraram maior crescimento nas vendas, como as categorias de roupas, acessórios, cosméticos e eletrodomésticos. Além disso, o estudo também aponta que nove milhões de brasileiros fizeram sua primeira compra online em 2012.
De acordo com Mauricio Salvador, Presidente da ABComm, o e-commerce brasileiro superou as metas e expectativas para 2012. “Foi um ano muito positivo e importante para o comércio eletrônico. Podemos dizer que os resultados satisfatórios estão aliados ao aumento do consumo na Internet e a entrada de grandes grupos internacionais, como a Amazon, que trouxe oxigênio para o mercado”, ressalta. 
Para 2013, a expectativa está no aumento do consumo de bens digitais, tais como e-books, músicas e filmes “on demand”. “O consumidor brasileiro está se aculturando em pagar por esse tipo de produto. O crescimento nas vendas de tablets e smartphones ajuda ainda nessa evolução”, completa o executivo. 
Varejo online segue sendo uma forte tendência de impulso este ano. Aqui, os negócios nessa área ainda são incipientes. Dados da Fecomércio, de 2011, mostram que o varejo eletrônico mal chega 1,5% do total do varejo, percentual baixo em relação a países da Europa e dos Estados Unidos onde o percentual fica em torno de 5%. No Reino Unido, esse índice já sobe para 10%.
UOL

Google anuncia nova edição de seu concurso de doodles

16-01-2013 11:05

Doodle interativo do Google, em homenagem a Les Paul

Doodle interativo do Google, em homenagem a Les Paul

 

O Google anunciou a sexta edição do concurso 'Doodle 4 Google', que a cada ano garimpa entre os estudantes dos Estados Unidos as ideias mais criativas para seus conhecidos 'doodles', temas que aparecem na página inicial do site de buscas.
O criador do 'doodle' vencedor receberá US$ 30 mil destinados a ajudar a financiar os custos de sua educação universitária, enquanto a escola do aluno ganhará US$ 50 mil para investir em bolsas de estudos tecnológicas.
O melhor 'doodle' será publicado no dia 23 de maio, sendo exposto no buscador mais acessado no mundo todo.
O concurso é aberto a qualquer estudante com residência nos EUA e matriculado em um colégio do país, do jardim de infância ao fim do ensino médio.
O tema deste ano, "O melhor dia da minha vida", convida os participantes a usar a imaginação, sem que seja necessário contar um momento real.
O prazo para apresentar os desenhos vai de 15 de janeiro a 22 de março e posteriormente o Google, com a ajuda de "jurados famosos", selecionará 50 'doodles', um de cada estado americano, que concorrerão entre si, com o resultado sendo decidido pelos votos dos internautas no site www.google.com/doodle4google.
Doodle do Google em homenagem aos irmãos Grimm conta a história da Chapeuzinho Vermelho
Doodle do Google em homenagem aos irmãos Grimm conta a história da Chapeuzinho Vermelho
O nome do ganhador será conhecido em cerimônia que acontecerá em Nova York, no dia 22 de maio.
Além disso, os 50 'doodles' finalistas serão expostos em uma mostra no Museu de História Natural de Nova York, de 23 de maio a 17 de julho.
Em 2012, o Google recebeu 114 mil 'doodles' e premiou o desenho de Dylan Hoffman, uma criança de 7 anos de Caledonia, Wisconsin, que desenhou um logo inspirado nas histórias de piratas.
UOL

Anúncio no eBay vira piada na internet; reflexo no espelho mostrava usuária sem calcinha

16-01-2013 10:55

Aimi Jones aparece sem calcinha ao lado esquerdo da foto; vestido atingiu lance de R$ 500

 

A garçonete Aimi Jones, 21, tirou uma foto do vestido amarelo ao lado e a postou no eBay no sábado (12), com o intuito de vendê-lo no site de leilões. Mas ela disse não ter percebido que seu reflexo no espelho aparecia no canto esquerdo da imagem. Detalhe: Aimi estava sem calcinha. "Foi muito constrangedor. Foi algo estúpido de se fazer e agora o mundo inteiro me viu pelada", afirmou a jovem de Oxfordshire (Reino Unido) à publicação "The Sun".
No Twitter, usuários criaram a hashatag #ebayyellowskaterdress para reunir comentários sobre a polêmica foto do vestido amarelo. Se a vergonha foi grande, o lucro também foi: o lance inicial de 15,99 libras (cerca de R$ 52) acabou rendendo 153,5 libras (cerca de R$ 500) à jovem.
Na segunda-feira (14), depois que percebeu o erro, a garçonete trocou a foto por uma versão em que ela aparecia vestida. A imagem original, no entanto, já havia se espalhado pela internet. Segundo ela, seu namorado achou a história engraçada.
UOL

Ex-CEO da Apple diz que chegou a hora de um iPhone mais barato Para John Sculley, mercados maduros já estão saturados com aparelhos top de linha

16-01-2013 10:53

iPhone Mini

 

Até um ex-CEO da Apple acha que a empresa deveria investir esforços no desenvolvimento de um modelo mais barato do iPhone. Para John Sculley, chegou o momento de a companhia mudar de foco para não se perder em meio à movimentação atual do mercado.
Em entrevista à Bloomberg, Sculley disse que smartphones top de linha já saturaram mercados maduros como Estados Unidos e Europa, por isso a Apple tem de se concentrar nos emergentes, o que inclui Brasil, Índia e China. O iPhone mini seria o carro-chefe nessa missão.
Além disso, o executivo entende que a diferença entre o iPhone e um Samsung Galaxy já não é tão grande - os diferenciais da empresa da maçã, portanto, estão deixando de existir.
UOL

Facebook testa botão 'ligar' nos aplicativos Usuários poderiam se falar pela rede como se estivessem ao telefone

16-01-2013 10:52

Call no Facebook

 

Depois de disponibilizar troca de arquivos de áudio pelo aplicativo de mensagens, o Facebook parece querer ir além, deixando que os usuários façam ligações pela rede social.
Eti Suruzon, vice-presidente de mídia da Blink, enviou ao All Facebook uma imagem para mostrar como está o app do Facebook em seu Android: um botão "call" (ligar) apareceu na página mobile de sua empresa, ao lado do "like" (curtir).
Ainda não se sabe quantas pessoas entraram neste teste e nem se isso se tornará um recurso permanente do site, mas não é a primeira vez que o Facebook flerta com a possibilidade de se fazer ligações por lá. Em junho passado, a rede já havia colocado um botão semelhante em algumas páginas, só que na versão para web, não na móvel.
UOL

Preços no e-commerce caem 8% em 2012, aponta índice da Fipe

16-01-2013 10:51

Levantamento divulgado pelo órgão registrou recuo nos preços de nove de dez grupos de produtos pesquisados

 

Os preços dos produtos disponíveis no comércio eletrônico caíram 7,8% em 2012. De acordo com índice da Fipe/Buscapé, houve um recuo de 1,28% no mês de dezembro, em comparação com novembro.
Os dados comprovam uma tendência de queda que já se estende por quase dois anos. Segundo o índice, nos últimos 23 meses houve uma variação positiva apenas em agosto de 2011 (0,6%) e em janeiro de 2012 (0,9%).
"O recuo nos preços reflete o aumento da concorrência no e-commerce e a grande oferta de cupons de descontos disponíveis. O consumidor habituado a comprar pela internet dificilmente toma uma decisão sem antes comparar preços e buscar por promoções", explica Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos - portal que reúne cupons de desconto dos maiores varejistas do Brasil e responsável pelo BlackFriday.com.br.
No mês de dezembro foram pesquisados preços de 151 categorias de produtos, dividas em dez grupos. Desses grupos, 105 tiveram queda de preço de, em média, 1,3%, enquanto 46 tiveram aumento de preço de, em média, 0,04%.
Já no período acumulado de 12 meses, de janeiro a dezembro de 2012, o índice Fipe/Buscapé registrou queda de 7,8%, com recuo em nove dos dez grupos.
Os grupos avaliados em dezembro de 2012 que apresentaram queda nos preços foram: brinquedos e games (3%), eletrônicos (3%), moda e acessórios (1,6%), esporte e lazer (1,2%), telefonia (1%), casa e decoração (0,8%), eletrodomésticos (0,8%), fotografia (0,7%) e informática (0,3%). Somente o grupo de "cosméticos e perfumaria" registrou alta de 0,3% na mesma base de comparação.
UOL

Está na hora de reescrever o Java do zero, diz expert em segurança

16-01-2013 10:47

As recorrentes falhas de segurança resultam em uma sucessão de ameaças e patches, e pode ser tarde demais para consertar o código existente

 

Se a última vulnerabilidade do Java significa alguma coisa, é que está na hora de a Oracle reescrever a linguagem de programação.
Ao menos é o que acha Bogdan Botezatu, analista sênior de ameaças online da Bitdefender. A empresa de antivírus com sede na Romênia estima que ao menos 100 milhões de computadores estejam vulneráveis a ataques por conta da última vulnerabilidade 0-day do Java.
"A Oracle precisa pegar alguns componentes centrais do Java e escrevê-los do zero", disse o especialista, em uma entrevista.
O problema com produtos mais maduros, como o Java e os da Adobe, é que eles passaram por muitas mãos ao longo dos anos. "Esses produtos se tornaram tão grandes e foram desenvolvidos por tantos programadores que as fabricantes muito provavelmente perderam o controle sobre o que está no produto", disse Botezatu.
Lutando contra falhas
Os resultados dos recentes esforços da Oracle em corrigir as vulnerabildiades em Java reafirmam o que o especialista da Bitdefender disse.
Por exemplo, a Oracle corrigiu três vulnerabilidades em segurança em agosto de 2012, juntamente com o lançamento do Java 7, versão 7 rev. 7. Algumas horas depois de liberar o patch, o fundador e CEO da Security Explorations, Adam Gowdiak, encontrou uma vulnerabilidade causada pela atualização.
Alguns especialistas em segurança dizem que o Java sobreviveu ao seu papel, mas suas funções são manipuladas por outras tecnologias.
A última vulnerabilidade 0-day encontrada na linguagem de programação pode também ser atribuída a uma correção feita pela atualização de segurança liberada em outubro do ano passado. Essa atualização estava incompleta e abriu uma brecha para a vulnerabilidade descoberta na semana passada, de acordo com Gowdiak.
"Agora é uma boa hora para reescrever alguns dos principais componentes do início e garantir que eles estejam livres de bugs, em vez de continuamente liberar correções para a aplicação, de uma versão para outra", disse Botezatu.
O analista reconhece, no entanto, que isso é improvável de acontecer. "A Oracle não está aberta a fazer grandes mudanças, porque eles poderiam quebrar aplicações já existentes no mercado", acrescentou.
O problema que a empresa enfrenta com o desenvolvimento do Java é o mesmo que enfrentam todas as fabricantes de softwares: como melhorar um programa sem que destrua a compatibilidade com as versões anteriores?
"Olhe para o Windows Vista e veja como ele falhou em sua adoção, porque alguns aplicativos dos consumidores não funcionavam do XP para Vista", explicou Botezatu.
No entanto, alguns sinais indicam que a Oracle está tentando resolver algumas das questões levantadas por Botezatu. Na sexta-feira (12/1), a empresa anunciou que, começando pelo lançamento do Java 8 em setembro, novos lançamentos serão feitos por um cronograma de dois anos.
UOL

Wikimedia lança o Wikivoyage, - um guia de viagens colaborativo Organização responsável pela Wikipedia e outros serviços tenta oferecer

15-01-2013 18:27

wikivoyage

 

Vai viajar e está procurando informações sobre o local? A Wikimedia lançou um novo serviço para ajudar na tarefa. A organização responsável pela Wikipedia divulgou nesta terça-feira, 15, o Wikivoyage, um guia de viagens colaborativo, gratuito e livre de publicidade, nos mesmos moldes da enciclopédia mais popular da internet.
O serviço já está disponível em nove diferentes idiomas, entre os quais está o português. A princípio, há cerca de 50 mil artigo prontos, que são editados e melhorados por um grupo de 200 editores voluntários.
"Há uma grande demanda por informação sobre viagens, mas poucas fontes são compreensíveis e não-comerciais. Isto está prestes a mudar", informa Sue Gardner, diretor executivo da Wikimedia Foundation. A intenção é criar um serviço útil para os viajantes e o órgão confia em sua comunidade para fazer a plataforma crescer.
Apesar de seu lançamento oficial ter acontecido nesta terça-feira, o Wikivoyage não é um serviço novo. Ele foi criado em 2006 e era mantido nos idiomas italiano e alemão. Os fundadores sugeriram a migração para a Wikimedia e a doação da marca para a organização, o que foi aprovado em outubro de 2012. A migração para os novos servidores se deu em novembro e, neste dia 15, o projeto sai oficialmente da fase beta.
A data de lançamento também não foi escolhida por acaso. A data marca o aniversário de 12 anos da fundação da Wikipedia.
UOL
<< 3 | 4 | 5 | 6 | 7 >>