Escorpião


Interesses em comum nesses dois signos de mesmo regente, o ardoroso Marte, planeta da paixão e da entrega pessoal. Não é uma relação fácil, mas Escorpião não se importa com dificuldades. Pode ser um parque de diversões para ambos, no tocante a sexo e finanças.

Áries precisa entender que se Escorpião não mostra tudo o que sente é por temer o abandono, e não porque seria desonesto. E Escorpião precisa entender que Áries não tem a paciência para ir até o inferno, como gostaria.


Aqui, temos o exemplo de como os opostos se atraem. O tormento natural de Escorpião é a contrapartida do conservadorismo do Touro. Os dois são extremamente sensuais, teimosos, apaixonados e fiéis. Podem ser grandes parceiros em quase todos os campos da vida.


 

Há uma tensão surda entre esses dois signos. Um quer o propósito essencial do que faz, o outro quer saber como se chega lá. Escorpião é emotivo, sente a vida nas vísceras, enquanto Gêmeos quer compreender tudo pelo discurso.

Quando um quer o movimento, o outro quer a estabilização do afeto. Além do mais, Gêmeos se cansa do ciúme e da possessividade de Escorpião.

Aqui temos dois signos do mesmo elemento, Água. Há uma diferença na maneira como encaram a vida. Câncer quer conservar e restaurar o que for preciso para manter tudo em paz, e Escorpião quer a paz por meio da transformação.

No ambiente de estudos, trabalho e negócios, tudo flui. No relacionamento afetivo, um desafio que vale a pena.


 

Os dois são signos fixos e teimosos, ciumentos e possessivos, que podem se sentir atraídos um pelo outro, fascinados pelo magnetismo que exalam, mas a convivência será difícil se for estreita.

Não abrem mão do que sentem, não se desapegam um do outro. O laço é forte, os problemas complicados, mas é uma relação grandiosa como eles gostam de ter.

Compatibilidade oportuna em que o sentimento e a profundidade de Escorpião pode nutrir e dar esteio ao desejo de inteiro de auto-realização de Virgem.

No amor há muita compreensão e no trabalho as oportunidades de crescer são grandes. Pode ser que adotem um estilo tão crítico com relação aos outros seres mortais que se tornem uma dupla temida.


 

São dois mundos diferentes que parecem não se compreender muito bem. Escorpião não iria suportar por muito tempo a tendência a refletir tanto a respeito da vida que Libra possui como marca registrada.

Possessividade, cenas de ciúme e dramatizações confundem Libra, que pode fugir atrapalhado diante de tanto excesso.

O céu e/ou o inferno, ao mesmo tempo. Duelo de gigantes, dupla indestrutível, ameaça social aos menos corajosos. Ambos se entendem tão bem que provavelmente se afastarão, em atitude de respeito, a não ser que existam outros fatores astrológicos acentuando o lado sociável, ou mental de um dos dois. Nos negócios e no sexo, produzem como ninguém.


Ambos fazem parte de mundos diversos, mas encontram um canal de comunicação nos assuntos ligados à justiça social, e á participação na comunidade.

Sagitário é disperso demais para trabalhar continuamente com Escorpião, mas podem se enriquecer mutuamente. No amor, falam línguas tão diferentes que é melhor manter a distancia.

Oportunidades incríveis de sucesso no encontro desses dois signos de determinação, senso de propósito e grande resistência diante das adversidades. No amor, se complementam e se enriquecem, assim como no sexo e na maneira de encarar a vida.

Longas parcerias têm tudo para dar certo, com filhos queridos ou lucros muito bem administrados. Também gostam das mesmas loucuras...

 

Atração entre esses dois signos fixos existe – o difícil é conviver por longo tempo, embora o contato chegue a promover uma certa dependência mútua mesclada com rivalidade surda.

O Escorpião age com o estomago, o Aquário racionaliza tudo. Um é da guerra, outro da paz. Ambos se encontram na pesquisa científica, na luta política, na criação cultural.

 

Aqui é o reinado da água: instabilidade e subjetividade demais. Escorpião sente, Peixes adivinha, mas esquece o que descobriu. Um é disperso, pacífico, perdoa fácil as ofensas, o outro é um tormento ambulante, por vezes, o que assusta o sensível Peixes. No amor, no sexo e nos temas metafísicos e científicos, entendimento perfeito.